terça-feira, 14 de agosto de 2007

De manhã

- Quer um pouco, é sopa?
- Não.
- Tá bom prova?
- Ja escovei os dentes.
- Tá uma delícia!
- Já disse que não.

E depois da conversa de sempre os dois se abraçaram e morreram de amor, e tiveram uma noite de sonhos e foram felizes e se por acaso alguém pensar que sonho não traz felicidade...

...é porque nunca dormiu com esse abraço.

E depois foi manhã.

3 comentários:

Petê disse...

Ah, esse abraço. É muito bom dormir com um abraço quentinho. Gostei muito do texto.

Flávia disse...

Abraçar e morrer de amor... Thiago, vc ainda me mata.

Beijos, menino talentoso.

# thiago disse...

A sopa eu comi ontem...
Escovei os dentes antes de dormir...
Só não dormi abraçado com ngm...
Pelo menos ontem! rs...
A sensação é ótima e mais uma vez senti seu texto e me imaginei com quem amo!