quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Loucura latente.

Um dos marcos na história da humanidade que contribuiu e muito para que o homem se desenvolvesse da forma que se desenvolveu e se tornasse soberano na cadeia alimentar foi, entre outras coisas, o domínio do fogo no período Mesolítico depois da pedra lascada e antes da pedra polida. O nosso antepassado uga buga desenvolveu também as linguagens escrita e falada, que evoluíram para as linguagens cênica, artística e corporal entre outras. Inventou ferramentas, formulas matemáticas, dispositivos eletrônicos, computadores e por fim um quadradinho de acrílico que toca música e que qualquer homem de Neandertal seria capaz de operar.

Você deve estar se perguntando onde eu quero chegar falando de fogo e homens das cavernas. Explico. Dia desses me deparo com a seguinte manchete: “Incêndio em cinema pornô mata 15 pessoas no Japão”. Fiquei besta. Um japonês aposentado, 46 anos, entra em um cinema pornô e taca fogo em tudo? Como assim? Deve ser algum discípulo de Satan Gos!!! (isso mesmo aquele que tem o poder de enfurecer os monstros, lembra?) E ainda por cima dentro de um cinema pornô? Imaginei os japonesinhos todos desesperados correndo pra fora do cinema com um pequeno problema pra resolver.

Aí vem você e me fala: “japonês é tudo louco”! E eu discordo de você imediatamente. Na verdade somos, todos.


O homem dominou o fogo, a língua e passou por tantos processos evolutivos, porém jamais vai se livrar da sua mente insana. A mesma mente que inventou a roda foi capaz de matar milhões de pessoas por dinheiro, poder e supremacia. O mesmo cérebro capaz de desenvolver a ciência e descobrir a cura para epidemias mortais é capaz de se transformar numa caixa de idéias apocalípticas que deixariam o Cérebro parceiro do Pink no patamar de ladrão de galinhas.


Stress? Estigmas da vida moderna? Egoísmo?


Prefiro chamar de loucura e ponto.

Um comentário:

Guigas an5pp disse...

QUe doidera