quinta-feira, 14 de maio de 2009

Poesia de concreto

Em São Paulo um peido custa R$ 1,00 mais impostos

***

Não existe mais "mulher-objeto"
todas evoluiram para sofisticados itens de design

***

Passei a vida tentando ser alguma coisa
e me disseram que alguma coisa mudou
não quero mais ser nada, então.

***

Diáspora digital já, antes que o mundo acabe em terabites

***

O suburbano é antes de tudo um forte

***

No mais, descendo dessa solidão e tudo, estou indo embora, de ônibus.

2 comentários:

Bárbara (B.) disse...

Gostei... rs

São suas?

Thiago Lira disse...

São sim Bárbara
Aliás, são nossas