terça-feira, 4 de setembro de 2007

Passou

Foto por Carlos Oliveira

Olha ela.
Passando devagar com a pasta apertada contra o peito, sem jeito de quem é triste, sem manha de quem não ama ninguém.

E ele.
Olha assustado e se cala, sente que o mundo tremeu ali três segundos, e que todos as bolsas vão despencar, todos os governos vão se enfrentar e todo mundo no mundo vai se pegar de tapa só por causa dela.

E enquanto o vestido balança leve ela ouve um acorde dissonante.

E pra ele o balanço é tudo que o mundo podia presentear.

É de tarde e se ele topar um café.

E ela passa. E pra ele nunca passou de ilusão.

6 comentários:

Erika disse...

Um sonho... realidades diferentes.

beijo

Petê disse...

Lirismo... sem comedimento.

Parabéns, Lira.

Flávia disse...

Menino, um dia vc me mata.

Com é gostoso ler o que vc escreve, Thi... cara, como é lindo. Sei que me repito, mas vc me encanta sempre.

Beijos!

Kells disse...

simplesmente lindo!

bjoks

Slim Shady disse...

Opa !

beleza velho ?

Primeiramente agradeço seu comentario e por ter linkado meu blog,valew mesmo.

E vim conhecer seu blog,que está muito bacana mesmo,parabéns !

Abraço e bom final de semana .

http://cinemaafinseumadosedewhiskeyporfavor.blogspot.com/

Palavras de um mundo incerto disse...

Tiago,
Agora estou mais tranquilo por ver que realmente tu é tu mesmo, pois os plagiados estão ai e me cuido para não cair em rede. Voltarei e lerei seus textos.

Abs e boa semana!

Marcos Ster